quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

"CONTOS ARGENTINOS" - LEITURAS 2019 - I


Resultado de imagem para CONTOS ARGENTINOS livro

Foi este o primeiro livro que li em 2019.

São nove contos de autores argentinos (finais séc. XIX e princípios séc. XX), seleccionados e apresentados pelo escritor argentino Jorge Luís Borges (ao que dizem o maior — confesso a minha ignorância sobre o porquê de tal título— os dois livros que dele li não deram, longe disso, para confirmar tal grandiosidade)

Autores seleccionados: 
  1. Leopoldo Lugones (1874-1938)
  2. Adolfo Bioy Casares  (1914-1999)
  3. Arturo Cancela  (1892-1957)
  4. Pilar de Lusarreta   (1914-1967)
  5. Júlio Cortázar  (1914-1984)
  6. Manuel Mujica Láinez   (1910-1984)
  7. Silvina Ocampo   (1906-1993)
  8. Frederico Peltzer   (1924-2009)
  9. Manuel Peyrou   (1902-1973)
  10. Maria Esther Vásquez  (n. 1937)
Devo confessar que nenhum dos contos me fascinou de tal modo que me levasse à procura de outros livros destes autores (o que costumo fazer quando gosto).

Contudo, YZUR, de Leopoldo Lugones, não deixa de ser um conto interessante, em que um homem tenta, durante anos, ensinar um macaco a falar.  

O CHOCO OPTA PELA TINTA - Adolfo Bioy Casares - uma alegação, segundo Borges, contra a estupidez e a cobardia.

Do mesmo modo que CASA OCUPADA de Júlio Cortázar é um conto fascinante em que dois irmãos vivem em incesto.

Mas talvez aquele que mais me prendeu terá sido O DESTINO É CANHESTRO escrito a duas mãos - Arturo Cancela e Pilar de Lusarreta - a história de um guarda-freio que, graças à pressa e ao desmazelo de um médico, ficou com a perna direita encurtada em 4 cm.

Este foi o último livro que comprei desta excelente colecção de literatura fantástica A Biblioteca de Babel, editada pela Presença. Este é o nº. 17 e nos outros dezasseis já editados, todos tão bonitos como este, contam-se grandes nomes da literatura como Henry James, Edgar Allan Poe, Jack London, Tolstói, Kafka, Oscar Wilde e sobretudo o fantástico livro "BARTLEBY, O ESCRIVÃO" de Hermann Melville (imperdível).  

Resultado de imagem para jorge luís borges biografia
Buenos Aires  -  1889-1986
3 - razoável

0 - li, mas foi zero
1 - desisti
2 - li, mas não me cativou
3 - razoável
3,5 - interessante
4 - bom
5 - muito bom
6 - excelente
7 - obra prima

Sem comentários:

Enviar um comentário